Notícia
A pandemia do novo coronavírus e seus impactos negativos nos mais diversos setores da economia brasileira
Postado em: 08/04/2021
A pandemia do novo coronavírus e seus impactos negativos nos mais diversos setores da economia brasileira

A pandemia do novo coronavírus causou impacto negativo nos mais diversos setores da economia brasileira. No transporte rodoviário de cargas, responsável por transportar cerca de 65% de tudo aquilo que é transportado e reconhecido como o principal meio de abastecimento da indústria e comércio, não foi diferente. Segundo dados do Departamento de Custos Operacionais da NTC&Logística – DECOPE, em 2020 o transporte rodoviário de cargas sentiu uma queda de mais 45% no volume de cargas transportadas, enquanto cerca de 90% das empresas consultadas tiveram seu faturamento comprometido.


Apesar das fortes quedas e dificuldades, o segmento jamais deixou de trabalhar em prol do abastecimento do país, tanto é que foi reconhecido como serviço essencial no início da pandemia, e também teve seus profissionais colocados na lista de prioridades para a vacinação contra a covid-19. Porém, até agora não aconteceu, e os profissionais deste setor, tão importante para a economia brasileira, seguem atuando na linha de frente e correndo todos os riscos para manter o compromisso de movimentar as riquezas do país.


Diante das dificuldades apresentadas pelos órgãos públicos em vacinar a população de forma rápida e eficaz, a NTC&Logística, vem acompanhando e apoiando as tratativas do setor privado para a compra dos imunizantes contra o vírus.


Segundo o presidente da entidade, Francisco Pelucio, “É de extrema importância que o setor privado possa atuar na compra de vacinas. Acreditamos que apenas dessa maneira, as empresas do setor de transporte conseguirão imunizar seus motoristas e demais colaboradores”.


E essa aprovação parece cada vez mais próxima, pois na última terça-feira, dia 6, a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base de um projeto que autoriza empresas privadas a comprarem vacinas contra a Covid-19, o assunto ainda passará pelo Senado.


“É a melhor saída neste momento. Além de imunizar os profissionais de seus segmentos, o setor privado também estará auxiliando na imunização da população geral e acelerando a retomada econômica. Acreditamos que será um ganho para todos”, finaliza Pelucio.

Fonte: NTC



Voltar!